Postado em 11 de Dezembro de 2019 às 10h58

Ford vs Ferrari é um filme de arrepiar quem ama carros e competições

Geral (2)

Baseado na clássica batalha pela vitória de 66 em Le Mans, filme é obrigatório para quem quer conhecer o universo das competições automobilísticas

Tires Solutions Nesta quinta-feira (14), estreia nos cinemas do Brasil o filme Ford vs Ferrari, baseado em uma das memoráveis histórias da indústria automobilística. Como o título diz, o filme fala da...

Nesta quinta-feira (14), estreia nos cinemas do Brasil o filme Ford vs Ferrari, baseado em uma das memoráveis histórias da indústria automobilística.

Como o título diz, o filme fala da passagem em que as fábricas Ford e Ferrari se enfrentaram em uma disputa cheia de lances nas pistas e fora delas com ataques pessoais, ironias e orgulhos feridos.

O confronto não foi no mercado porque essas duas marcas sempre atuaram em segmentos diferentes.

Tires Solutions A narrativa se passa precisamente em 1966, ano em que a Ford estabeleceu como meta encerrar o domínio da Ferrari na 24 Horas de Le Mans, a mais antiga e tradicional competição do automobilismo. A Ferrari...

A narrativa se passa precisamente em 1966, ano em que a Ford estabeleceu como meta encerrar o domínio da Ferrari na 24 Horas de Le Mans, a mais antiga e tradicional competição do automobilismo.

A Ferrari era a grande vendedora do momento mantendo uma sequência de seis vitórias consecutivas, 60, 61, 62, 63, 64 e 65, na prova de resistência de carros e pilotos que ocorre no circuito misto de autódromo com vias públicas na cidade de Le Mans, na França.

A história de Ford vs Ferrari é conhecida e, no filme, ela é contada de forma bastante fiel embora o roteiro não perca as oportunidades de envolver os expectadores com cenas romanceadas do bem contra o mal e heróis.

O filme é dirigido pelo americano James Mangold e tem como protagonistas principais os premiados Matt Damon, no papel do corredor e construtor americano Carroll Shelby, e Christian Bale, que vive o piloto inglês Ken Miles.

Tires Solutions Quem sabe como tudo aconteceu vai gostar de ver a história encenada. Quem não sabe vai gostar de conhecer a trama da forma como é contada. Mangold declarou que sua intenção não era...

Quem sabe como tudo aconteceu vai gostar de ver a história encenada. Quem não sabe vai gostar de conhecer a trama da forma como é contada.

Mangold declarou que sua intenção não era fazer apenas um filme sobre corridas, mas queria também produzir uma fita que falasse sobre os personagens que povoam o universo das pistas.

“Mais do que carros incríveis e velocidade, acho que esse é um filme sobre a família, sobrevivência, e sobre como as pessoas precisam aprender a confiar em seus amigos com sua vida se quiserem transcender”, afirmou.
 

Tires Solutions Não dá para saber qual parcela do público sairá do cinema com reflexões como as que pretende o diretor, mas, entre os que gostam de carros e de corridas, muitos sairão como se tivessem...

Não dá para saber qual parcela do público sairá do cinema com reflexões como as que pretende o diretor, mas, entre os que gostam de carros e de corridas, muitos sairão como se tivessem presenciado a prova de Le Mans de 1966, seja torcendo ou, no caso dos mais empolgados, se sentindo o próprio Ken Miles.

Logo no começo da fita, há uma cena que parece gravada com miniaturas de plástico – e podem até ter sido mesmo.

Em um primeiro momento, isso é meio frustrante para o expectador, mas como é uma cena em flashback, talvez o diretor quisesse causar esse efeito menos real. E, felizmente, ele não se repete mais.

Todas as demais ações são bem realistas e deixam claro que quem escreveu o roteiro (os roteiristas são Jez Butterworth, John-Henry Butterworth e Jason Keller) sabia do que estava falando.

Tires Solutions As esticadas de marchas e as trocas rápidas com a câmera mostrando o movimento dos pés pressionando os pedais e da mão deslocando a alavanca do câmbio são muito realistas. Mas o...

As esticadas de marchas e as trocas rápidas com a câmera mostrando o movimento dos pés pressionando os pedais e da mão deslocando a alavanca do câmbio são muito realistas.

Mas o diretor poderia ter mostrado também as freadas, tão importantes quanto as acelerações para um traçado eficiente. Não se vê um punta-taco sequer. Quando fala dos freios, o diretor prefere mostrar os discos incandescentes.

Tires Solutions Faltou veracidade em momentos como o de uma tomada interna que mostrava o carro se aproximando de uma curva em alta velocidade, como se o piloto retardasse a frenagem. E, já a cena seguinte, de um ponto de vista...

Faltou veracidade em momentos como o de uma tomada interna que mostrava o carro se aproximando de uma curva em alta velocidade, como se o piloto retardasse a frenagem.

E, já a cena seguinte, de um ponto de vista externo, o carro cumpria a trajetória de forma perfeita, sem qualquer desvio.

Há apenas um momento (que eu lembre) em que a câmera externa mostra o carro saindo de traseira e, quando corta para a câmera interna, o piloto está acabando de fazer uma correção com o volante. Puro êxtase para os aficionados que a essa altura já podem estar segurando um volante ou pressionando um acelerador imaginário.

Essa é uma situação muito rápida que poderia ser repetida para deixar os entusiastas da plateia com (ainda mais) adrenalina nas veias.

Os aficionados também terão prazer em acompanhar o desenvolvimento do carro em um tempo em que não havia tanta tecnologia, como telemetria e túneis de vento, e pilotos com conhecimento e sensibilidade eram colaboradores de vital importância para os engenheiros.

As tomadas dos carros na pista, com a variedade de protótipos de diferentes marcas, e os modelos protagonistas disputando os espaços na pista também são motivos de deleite.

Na corrida de Le Mans de 1966, havia Porsche, Alpine, Matra e Austin-Healey, além, é claro, do Ford GT 40 e da Ferrari 330 P3, retratados no filme.

Tires Solutions Os carros das equipes de fábrica, que foram os principais contendores da prova, estavam o Ford GT40 MkII da dupla Ken Miles e Denny Hulme que era equipado com motor V8 7.0 e a Ferrari 330 P3 de Lorenzo Bandini e Jean...

Os carros das equipes de fábrica, que foram os principais contendores da prova, estavam o Ford GT40 MkII da dupla Ken Miles e Denny Hulme que era equipado com motor V8 7.0 e a Ferrari 330 P3 de Lorenzo Bandini e Jean Ghichet com motor V8 4.0.

O Ford GT40 MkII tinha motor V8 7.0 e a Ferrari 330 P3 contava com um V8 4.0.

Apesar da história ter a marca americana como principal protagonista, afinal foi a Ford que desafiou a hegemonia da Ferrari, o roteiro não diminui a importância histórica da italiana tanto na trama como na História de fato, com H maiúsculo.

O filme mostra também os bastidores das provas, com as trapaças que sempre existiam durante as provas e as disputas internas entre os executivos das fábricas.

Tires Solutions Duas cenas interessantes de ver são as que mostram as sedes das empresas. De um lado, o enorme e moderno prédio da Ford, em Dearborn, em Michigan, nos Estados Unidos, conhecido como Glass House, inaugurado 10 anos...

Duas cenas interessantes de ver são as que mostram as sedes das empresas. De um lado, o enorme e moderno prédio da Ford, em Dearborn, em Michigan, nos Estados Unidos, conhecido como Glass House, inaugurado 10 anos antes, em 1956.

De outro, a pequena e antiga fábrica da Ferrari em Marenello erguida no início dos anos de 1940 com o estilo de propriedade rural da região da Emília Romagna, na Itália.

Ford vs Ferrari é um daqueles filmes obrigatórios para quem gosta de competições.

Tanto quanto Grand Prix (1966), que fala da Fórmula 1 dos anos de 1960; 24 Horas de Le Mans (1971), com Steve McQueem; Rush (2013), sobre a rivalidade entre dos pilotos da F-1, James Hunt e Niki Lauda, nos anos 70; 500 Milhas de Indianápolis (1969), com Paul Newman, e Dias de Trovão (1999), sobre a Nascar, com Ton Cruise , entre outros.

Veja também

Conheça 10 das estradas mais bonitas do mundo11/12/19 É claro que o destino é importante, mas passar por boas estradas, com paisagens deslumbrantes, torna a viagem muito mais agradável. O guia de viagem "Le Petit Futé" selecionou 10 das mais belas estradas do mundo. Veja a seguir:...

Voltar para Novidades